Socialização das pesquisas: Partilhar para transformar

Marcus Vinicius de Souza Nunes (Florianópolis,SC) | Equipe da Cobertura Colaborativa dos Colóquios*


Dra. Fernanda Lino, Dra; Klalter Bez Fontana Arndt e a interprete

Mais do que um termo técnico, ou um procedimento formal das pesquisas nas Universidades, a socialização é de natureza educomunicativa. Fica fácil de entender isso quando pensamos a Educomunicação não como uma técnica, um conjunto de saberes e linguagens – ainda que seja isso tudo também – mas uma partilha, um agir colaborativo e transformador.

Na tarde de 16 de março, às 15h no Canal do Youtube do Educom Floripa acompanhamos a socialização das pesquisas de jovens acadêmicos, mestrandos, doutorandos e novos doutores, que vêm dando uma importante contribuição para a pesquisa e a prática educomunicativa em vários grupos de pesquisa.


Dra. Ana Paula Knaul

A Dra. Ana Paula Knaul, do Grupo Edumídia (UFSC/Cnpq) apresentou sua pesquisa de doutorado, intitulada “Infâncias contemporâneas e relações sociais no uso de tecnologias digitais: inspirações fenomenológicas”. Ana Paula buscou responder como se desenvolvem as relações entre as crianças na sua relação com uso de tecnologias. Evidenciou-se a importância do educador e das famílias aprenderem a lidar com a autonomia das crianças.

Ma. Cristina Marcon Buogo

A Prof. Cristina Marcon Buogo, mestra em educação pela Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) chamou a atenção para o fato de que as políticas educacionais impactam nas práticas pedagógicas e, por consequência, na vida de estudantes e de suas famílias. Sua pesquisa chamada “Práticas educomunicativas e políticas educacionais: perspectivas ou impossibilidades?” volta seu olhar para a legislação atual, em especial para a BNCC. Os documentos já destacam o fato de que os adolescentes e jovens têm se engajado cada vez mais na cultura digital.



Me. Diego Passos Lins

Diego Passos Lins membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino de Filosofia e Educação Filosófica - Regional Planalto Catarinense, mestre em educação pela Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) apresentou suas contribuições teóricas na articulação entre matemática e uso de mídias com a pesquisa “Práticas educomunicativas na Educação Matemática”.


Jonatan Santos Bereta

Com o título “Formação pedagógica na pandemia: estrutura, motivações e dificuldades”, Jonatan Santos Bereta, especialista em Educação Tecnológica pelo Instituto Federal Catarinense (IFSC) e membro do Laboratório de Mídia e Conhecimento (LabMídia /UFSC) apresentou os desafios impostos pela pandemia, em especial no projeto do LabMídia que fornece apoio e capacitação aos professores da educação básica.



Dra. Kamila Regina de Souza

Será que os “desenhos animados” podem contribuir para a formação de professores dos anos iniciais? Segundo a Prof. Dra. Kamila Regina de Souza, doutora em educação pela UDESC e integrante do grupo Educom Floripa, a resposta é afirmativa. Sua pesquisa “Os desenhos animados e a prática pedagógica educomunicativa na educação infantil: uma aventura dialógica a partir da pesquisa-ação”, realizada junto aos discentes do curso de graduação em Pedagogia da FAED/UDESC.


Ma. Leila Laís Gonçalves

A Prof. Leila Laís Gonçalves, mestra em Ciências da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, doutoranda em educação pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC) e integrante do EducMídia/UNESC, apresentou a pesquisa “Inclusão Digital e os Processos Pedagógicos: 12 anos de extensão em espaços formais e informais de educação​.” Nela, a Prof. Leila narra a história de seus 12 anos trabalhando em projetos e escolas no município de Criciúma-SC, as dificuldades e os desafios na educação para a cultura digital de professores e estudantes.


Dr. Thiago Reginaldo

“Para nós a Pedagogia na Educomunicação, além de dar conta e envolver os aspectos da Pedagogia da Comunicação, nos aparece como a área que engloba aquilo que temos estudado em nosso grupo e, compartilhado com outros, nos últimos anos” afirma o Prof. Dr. Thiago Reginaldo, integrante do grupo Educom Floripa. Sua pesquisa “Pedagogia na Educomunicação: Alfabetização e linguagem na Prática Pedagógica Educomunicativa nos anos iniciais”, realizada durante o seu doutorado em educação no PPGE/UDESC, dialogou com a prática educomunicativa a partir da extensa e qualificada produção teórica dos membros do Educom Floripa.


Tantas pesquisas qualificadas só poderiam render um bom debate. Foi o que aconteceu após as apresentações. Não conseguiríamos esgotar aqui essa conversa. Por isso, este texto que você está lendo é apenas uma apresentação sumária, reduzida, e um convite para você acessar o Canal do Educom Floripa no Youtube, veja e reveja esse conteúdo maravilhoso e potente, pois tem a força de quem acredita na ação transformadora da educação.

__________________________________________________________________________________ * Uma equipe com voluntários(as) de diversos lugares do país está contribuindo com a cobertura dos Colóquios de modo colaborativo. Críticas e sugestões podem ser feitas em coberturacolaborativaeducom@gmail.com



22 visualizações